terça-feira, 16 de junho de 2009

True Blood (Season 1)


True Blood (Season 1)


Ano: 2008
Género: Drama, Fantasia, Horror
Criador:Alan Ball
Cast: Ryan Kwanten, Anna Paquin, Sam Trammell
Pontuação M.: 6.5/10
Pontuação A.: 7.2/10
Imdb

True Blood é uma série baseada na obra de Charlaine Harris e realizado por Alan Ball (realizador dos Sete palmos de terra). Mais uma série/livros sobre vampiros, já que estes estão na moda.

Neste caso os vampiros são muitos, maus e conhecidos. A sociedade tenta integra-los e eles tentam-se controlar, visto poderem-se alimentar de sangue artificial em vez de se alimentarem de humanos.

A série gira em torno de uma empregada de bar telepata, que se apaixona por um vampiro cuja mente não consegue penetrar. Mais uma série com um casal amoroso como centro da história. No entanto as semelhanças acabam aqui com a saga da conhecida Meyer. Os vampiros neste caso não tem puderes ilimitados, não há cá problemas existenciais sobre as consequências e os perigos. Nada de grandes filosofias de vida tais como "devemos ou não ficar juntos... será que não é perigoso... ai que me vou embora... estou muito deprimida por ele ter ido embora"

Os primeiros episódios não cativam muito, a acção é um pouco lenta no início, mas ao tempo que a série avança, um humor mórbido e até caricato melhora em muito a série. Os actores não são dos mais conhecidos e as representações não serão brilhantes, contudo os actores parecem muito seguros nos seus pápeis.
As personagens são o ponto alto da série.




Lafayette
Tão paneleiro que até assusta, mas a personagem mais divertida da serie. Mesmo sendo muuuuuito gay, dá uma valente porrada em quem se tenta meter com ele. Lindas de morrer as cenas em que ele entra.



Tara Thornton
Miúda insuportavelmente irritante. Diz a primeira coisa que lhe vem à cabeça, muito engraçado vê-la a insultar alguém.



Bill Compton & Sookie Stackhouse
O casal amoroso. Ela é estranha mas uma personagem bastante credível/real, reage sobre impulso, fazendo várias coisas estúpidas. Ele um vampiro que está a tentar viver entre humanos.





Jason Stackhouse
Há gente burra e depois há o Jason. A estupidez em pessoa.


Não será a serie mais interessante que vi nos últimos tempos, não se pode comparar com um Prison Break a nível de argumento, ou com uma Grey's Anatomy a nível de actores, mas dá para passar alguns bons momentos.

2 comentários:

ashf 16 de junho de 2009 às 10:36  

O genérico é fabuloso, tal como já o era o de "Sete Palmos de Terra". Brilhante, pena que a minha menina num tenha a mesma opinião.

Aline A Batistuti 4 de agosto de 2009 às 22:03  

Eu adoro True Blood. Ganhei em junho o DVD da 1º temporada.
Quanto aos livros da serie vc conhece???

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO